quinta-feira, 30 de junho de 2011

Dohko de Libra


Idade 263 / 18 (The Lost Canvas) anos
Deus protetor: Athena
Golpes secretos:  Cólera do Dragão (Rozan Shoryu Ha) / Dragão Voador (Rozan Ryuu Hishou)
Chute do Dragão (Dragon no Ken) /  Cólera dos Cem Dragões (Rozan Hyaku Ryuu Ha)
Último Dragão (Rozan Kou Ryu Ha)
Local de nascimento:  China
Local de treinamento:  Rozan,  China

Origem do Nome: Do japonês e Chinês, Pequeno Tigre. Muitos acham que seu nome não corresponde a nada mais que isso, porém,existe uma lenda por trás disso.
Sua Responsabilidade: Possivelmente a respossabilidade de Dohko de vigiar o selo de Hades para Atena é similar ao que Zeus fez depois da derrota dos Titãs, ele encarregou os hecatônquiros, gigantes de cem braços, para vigiar os portões do tartaro e impedir que os Titãs saissem. Foi o que possivelmente serviu de inspiração ao anime.
Histórico
Dohko lutou na última Guerra Santa contra Hades no ano de 1743, onde somente ele e Shion de Áries sobreviveram. Quando Saga convoca os Cavaleiros de Ouro para exterminar os de Bronze, diz que o Mestre Ancião é o mais poderoso dos Cavaleiros Dourados, embora fosse um "traidor" de Atena. Poder-se-ia considerar um indício de tal afirmativa quando ele impediu Shaka de Virgem de se sacrificar para destruir o Muro das Lamentações.
Após a Guerra Santa, Shion se tornou Grande Mestre do Santuário, e Dohko, ficou com o encargo de vigiar o selo que aprisionava Hades e seus 108 espectros. Para esse fim Atena concedeu a Dohko a técnica Misopetha-Menos, que pemitiu que o coração dele batesse apenas 100.000 vezes por ano o mesmo que em apenas um dia, assim, em 243 anos, Dohko envelheceu o equivalente a apenas 243 dias.
No mangá The Lost Canvas, Dohko treinou Tenma, Cavaleiro de Pégaso em 1743. Na era atual, foi o mestre de Shiryu, que se tornou o Cavaleiro de Dragão.
Durante a rebelião de Saga de Gêmeos, Dohko negou-se a comparecer ao Santuário, pois já havia percebido que Shion fora morto e alguém malígno assumira a identidade de Grande Mestre, tal atitude foi interpretada por alguns cavaleiros como um ato de traição. No entanto, com a queda de Saga após a Batalha do doze Casas, Dohko assumiu o titulo de Grande Mestre do Santuário, mas sem jamais deixar os Cinco Picos.
Durante a Guerra Santa contra Poseidon, ele proibiu que os Cavaleiros de Ouro deixassem o Santuário. Após a batalha  o selo de Atena se rompeu, libertando Hades e seus espectros. Dohko se dirigiu ao Santuário e acendeu o Relógio de Fogo dando início a uma Nova Guerra Santa. Graças ao Misopetha-Menos, Dohko tem a oportunidade de lutar com o mesmo físico e vigor de 1743.
Sua última aparição é no Muro das Lamentações, onde, juntamente com os outros Cavaleiros de Ouro, se sacrifica para destruir o Muro e permitir que os Cavaleiros de Bronze chegassem até Atena.
No filme Prólogo do Céu, Dohko, assim como os outros Cavaleiros de Ouro, tem sua alma selada.

Armas de Libra
A Armadura de Libra possui acoplada nela seis tipos diferentes de armas que só podem ser usadas se o Cavaleiro de Libra e Atena acharem a causa justa:
Tonfá, Tridente, Espada, Escudo, Barra Dupla, Barra Tripla de



sexta-feira, 24 de junho de 2011

Novo Jogo dos Cavaleiros do Zodiaco

Muitas novidades no universo de CDZ.
Há alguns dias o site japonês da Bandai anunciou o lançamento oficial do novo jogo para PS3 Saint Seiya Chronicles.
Hoje os tivemos o lançamento da versão européia que deverá se chamar Saint Seiya Sanctuary Battle.
Ainda não há informações quanto ao lançamento do jogo para outras plataformas. Azar o meu que tenho Xbox 360.
Com relação ao lançamento no mercado brasileiro, ainda não posso afirmar nada, mas existem chances de divulgarmos novidades em breve. Aguardem!


Confira o trailer do jogo:

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Download The Lost Canvas 22 e 23


Saint Seiya:The Lost Canvas 22-O Caminho Certo
Aúdio/Legenda: Japonês/Português
Formatos: RMVB
Fansub : PUNCH
Tamanho: 48 MB
Download



Saint Seiya:The Lost Canvas 23-Excalibur
Aúdio/Legenda: Japonês/Português
Formatos: RMVB
Fansub : PUNCH

Tamanho: 48 MB
Download



O que é isso!?!?!?! Galera esses dois últimos episódios foram... Nem tenho palavras. Só posso dizer que a adaptação que a TMS está fazendo do mangá The Lost Canvas está magnífica. Faz com que fiquemos com mais raiva pelo péssimo trabalho que a Toei fez com a Saga de Hades da série clássica.
Assistão e verão o que estou falando!!!

Créditos dos links ao site PUNCH-FANSUB.

Confira abaixo trailer dos episódios 24, 25 e 26 que encerram a 2ª temporada.
Não quero nem pensar que tenho que esperar um mês pra conferir esses episódios!!!

video

terça-feira, 21 de junho de 2011

Shaka de Virgem


Idade 20 anos
Deus protetor Atena
Armadura Virgem
Tipo de Armadura Ouro
Golpes secretos: Ohm (explosão de cosmo que expulsa tudo ao redor
 Kahn: escudo esférico que impede ataques diretos.
 Bênção do Senhor das Trevas (Tenpō Rin'in) / Rendição Divina (Tenma Kōfuku)
Tesouro do Céu (Tenbu Hōrin) / Círculo das Seis Existências (Rikudō Rinne)
Invocação dos Espíritos Malígnos (Tenkūhaja Chimimōryō)
 Local de nascimento:  Índia
Local de treinamento:  Ganges,  Índia
Mestre: Buda

Origem do nome
Do budismo, o sábio de Shakya (apropriação japonesa do nome Shakyamuni). Shakyamuni é o fundador histórico do budismo. Era filho de Shuddhodana, rei de Shakya, uma pequena tribo cujo reino hoje se situaria ao sul do Nepal central. Seu nome é composto de Shakya, o nome de sua tribo, e da adjetivação "amuni" que quer dizer sagrado ou sábio. Seu nome pessoal era Siddhartha Gautama (Siddhartha = objetivo alcançado).

Histórico
Shaka é conhecido como o homem mais próximo de Deus, sendo o primeiro cavaleiro de ouro a alcançar o oitavo sentido. Sua maior particularidade é manter os olhos fechados para acumular o seu cosmo, a ponto de elevá-lo quando os abre. Diz-se que Shaka é a reencarnação de Buda.
O Cavaleiro de Virgem apareceu pela primeira vez quando foi à Ilha da Rainha da Morte para derrotar Jango, porém lá chegando descobriu que Ikki já havia derrotado Jango. Shaka tratou Ikki como uma criança e o fez esquecer daquele encontro. Quando se reencontrassem o medo surgiria em Ikki. Este encontro aconteceu apenas no Mangá.
Durante a Batalha das 12 Casas, Shaka enfrentou e derrotou Seiya, Shiryu e Shun com certa facilidade. Shaka abriu os olhos e usou o Tesouro do Céu, golpe que retira seus sentidos. O cavaleiro de Fênix perdeu os sentidos, e utilizou de um golpe suicida para derrotar Shaka, o que resulta na destruição da Casa de Virgem. Os dois foram lançados para outra dimensão, de onde retornam com auxílio de Mu de Áries . Shaka de Virgem salva Ikki de Fênix da morte, restaura a armadura de Fênix.
Shaka volta a aparecer na Saga de Hades. Inicialmente tenta impedir que Saga, Shura e Camus avancem pelas Doze Casas: primeiro num confronto a distância, onde Shaka tenta segurá-los com ilusões na Casa de Câncer. Sua identidade é descoberta por Saga, que dispara um  golpe que atinge a Casa de Virgem. Contudo, Shaka protege-se do golpe, e revida o ataque que destrói a Casa de Câncer, e os três cavaleiros de ouro renascidos desaparecem.
 Shaka volta a confrontar os três Cavaleiros de Ouro já na Casa de Virgem, derrotando primeiro os espectros guiados pelos aparentemente renegados cavaleiros. Em uma luta que acontece no Jardim das Árvores Gêmeas (local da morte de Buda). Shaka  aproveita o momento em que os golpes cessam e utiliza o Tesouro do Céu, que impede que Saga, Shura e Camus se defendam ou ataquem-no. Shaka lhes diz que a única alternativa para que o derrotem é a Exclamação de Athena, golpe proibido pela Deusa. Os três Cavaleiros de Ouro, apesar da impossibilidade de desferirem golpes, utilizam a Exclamação de Athena e matam Shaka.
Tendo conseguido alcançar o oitavo sentido, Shaka, já no Inferno, acompanha Athena até a Giudecca, no encalço de Hades. Encontram-no possuindo o corpo de Shun de Andrômeda. Athena então tenta suplicar para que o deus do Mundo dos Mortos não destrua a Terra com o Grande Eclipse. Hades aceita a súplica, mas pede em troca a vida de Athena, e ordena a Shaka que a mate com o tridente do deus. Mas Shaka tenta atingir o corpo de Shun, e é impedido pela deusa. Então ambos os deuses desaparecem pelo Muro das Lamentações, fazendo Shaka entrar em desespero.
Shaka tenta derrubar o Muro das Lamentações sozinho, mas Dohko de Libra o impede alertando-o que, se continuar com seus ataques ao Muro das Lamentações, vai acabar morto e sem ao menos arranhar o muro. Somente depois, com a União dos doze Cavaleiros de Ouro, o Muro é derrubado com a energia gerada pelo cosmo dos doze Cavaleiros, que acabam mortos.
Na Saga do Céu, Shaka, assim como os demais cavaleiros de ouro, tem sua alma selada por se recusar a ajudar os deuses a matar Athena e os Cavaleiros de Bronze.

Habilidades de luta
Possui um grande poder ilusório, como é mostrado na Saga de Hades, quando ele tenta impedir o avanço dos cavaleiros de ouro renegados pelas doze casas. Um dos poucos cavaleiros que possuem a capacidade de controlar supernovas (outros são Mu de Áries, Aiolia de Leão, Saga e Kanon de Gemeos e Milo de Escorpião).

sábado, 18 de junho de 2011

Aiolia de Leão


Idade: 20 anos
Deus protetor:  Atena
Golpes secretos:  Relâmpago de Plasma (Lightning Plasma) / Cápsula do Poder (Lightning Bolt)
Presas Relâmpago (Lightning Fang) / Invocação de Fótons (Photon Invoke)
Aceleração de Fótons (Photon Driver) / Explosão de Fótons (Photon Burst)
Local de nascimento:  Grécia
Local de treinamento: Santuário,  Grécia
Mestre:  Aiolos de Sagitário

Origem do nome: Do grego, Ilha dos Ventos, Ilha Eólia. Carrega no nome sua característica de mobilidade, como seu irmão Aiolos. Ilha talvez por sugerir o fato de ter ficado "ilhado" no Santuário depois da "traição" de seu irmão.

Histórico: Sucessor de Regulus de Leão. Aiolia cresceu na sombra do irmão, sofrendo todo tipo de humilhação e repudio, por ser irmão do traidor. Para mostrar seu verdadeiro valor, jura lealdade ao Mestre do Santuário e está sempre à frente das batalhas, como na saga do Santuário e no Episódio G.
Sente uma paixão por Marin, e não esconde isso de ninguém, até chega a demostra momentos de ternura quando está a sós com a amazona.
 Saga do Santuário: Com seu irmão Aiolos condenado como traidor, ele tenta limpar o nome da família jurando fidelidade ao Grande Mestre. Mas participa voluntariamente do plano de extermínio dos Cavaleiros de Bronze com o único intuito de recuperar a armadura que pertencera ao seu irmão.
Voluntaria-se para acabar com os Cavaleiros de Bronze e Saori Kido. No momento em que enfrenta Seiya 3 Cavaleiros de Prata aparecem para garantir que Aiolia cumpra a tarefa. Nessa hora a Armadura de Sagitário aparece e envolve Seiya, que se vê obrigado a enfrentar Aiolia. Quando o Leão vai atacar Athena a alma de seu irmão aparece e impede que ele o faça.
Aiolia jura fidelidade à Athena e retorna ao Santuário para confrontar o mestre. Shaka aparece e em um momento de distração Aiolia e dominado pelo Satã Imperial. Possuido ele enfrenta Seiya na casa de Leão e mata Cássius, quebrando assim o feitiço do Grande Mestre.

 Saga de Hades: Enfrentou um grupo de dez Espectros de Hades em frente a Casa de Leão, matando cinco com um único e poderoso golpe (Relâmpago de Plasma).
Enfrentou Laimi de Verme, atacou violentamente Saga de Gêmeos, Camus de Aquário e Shura de Capricórnio, após estes terem matado Shaka na Casa de Virgem. Juntamente com Milo de Escorpião e Mu de Áries usando a Exclamação de Atena,a técnica proibida dos cavaleiros de ouro, que Saga,Shura e Camus estavam fazendo. As duas técnicas colidiram e foram interrompidas por Seiya,Shun,Hyoga e Shiryu.
Enfrentou Radamanthys de Wyvern juntamente com Mu e Milo no castelo de Hades.  Mu, Milo e Aiolia lutaram bravamente mas foram derrotados, visto que Hades restringiu seus cosmos a dez por cento.
No Inferno, derrubou o muro das lamentações juntamente com os outros Cavaleiros de Ouro.

Episódio G: Derrota um cavaleiro traidor que pretendia explodir uma usina nuclear.
Enfrenta um gigante de pedra que o estava destruindo o Santuário à procura de sua filha Lithos.
Trava uma difícil batalha contra o Titã Hyperion, deus do Ébano, que se retira do combate após Aiolia abrir uma fenda em sua sohma.
Na entrada do Santuário derrota o Giga Lyax de Poinx, por matar alguns soldados no local e tentar pisotear a amazona Marin de Águia.
Na ilha de Creta, derrota  Minos e seu filho, o monstro mitologico Minotauro, mesmo acreditando que a criatura não tem culpa por ter nascida como monstro e ter fome por humanos.
Graças ao encorajamento de Aiolia, Retsu de Lince derrotou Euríale, a górgona que havia matado o seu mestre Noesis de Triângulo, ao transforma-lo em pedra.
Na India, numa batalha muito difícil derrota o Titã Céos, deus do Relâmpago Negro, que tentava assassinar Shaka enquanto este estava em transe. Céos só não é morto porque Hipérion se dirigiu ao campo de batalha a tempo de resgatá-lo. (no episódio G Aiolia revela ter uma grande amizade com Shaka de Virgem)
Aiolia é o mais poderoso Cavaleiro de Ouro. Tal argumento é sustentado no Episódio G, onde Pontos afirma que Aiolia possui um poder capaz de matar um deus e que seria o único capaz de quebrar as correntes que aprisionam o deus Cronos, rei dos Titãs, aprisionado pelo seu próprio filho Zeus.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Máscara da Morte de Câncer



Idade : 23 anos
Deus protetor:  Atena
Golpes secretos : Ondas do Inferno (Sekishiki Meikai Ha)
Marcha dos Espíritos (Sekishiki Tenryou Ha)
Local de nascimento :  Itália
Local de treinamento:  Ilha de Sicília,  Itália

Origem do nome: Do inglês Death Mask, em katakana デスマスク (Desumasuku), significa Máscara da Morte. Por ser um assassino recebeu esse nome. Na dublagem americana do anime, seu nome foi trocado para Mephisto.

 Histórico: É sanguinário, forte, sádico, e pode derrotar qualquer inimigo se estiver usando seu real poder, adora lutas, matanças e acredita que, para um objetivo maior, alguns sacrifícios são inevitáveis. As paredes da Casa de Câncer são enfeitadas com os rostos das pessoas que foram mortas por Máscara da Morte.

Série Cronológica
Na Batalha das doze Casas, combate o cavaleiro Shiryu de Dragão. Máscara da Morte por pouco não derrota o cavaleiro de Dragão, mas perde sua armadura e acaba caindo no Yomotsu Hirasaka para sua morte.
Posteriormente, no capítulo de Hades, Máscara da Morte retorna do Mundo dos Mortos como um Espectro .  Entretanto, o cavaleiro está arrependido de suas crueldades e deseja avisar Athena sobre sua armadura, mas não consegue chegar até a deusa, pois acaba sendo derrotado por Mu na Casa de Áries. Juntamente com Afrodite, é jogado de volta no Mundo dos Mortos por Radamanthys, no entanto os cavaleiros de ouro tiveram seus poderes reduzidos a 10% pela barreira de Hades. Já no Inferno, participa da derrubada do Muro das Lamentações.
Em Prólogo do Céu, Máscara da Morte, assim como os demais cavaleiros de ouro, tem sua alma selada pelos deuses como castigo por terem desafiado Poseidon e Hades.

Episódio G
No novo mangá, Máscara da Morte tem uma participação maior até mesmo que no anime. Em um dos primeiros capítulos, o Grande Mestre convoca todos seus cavaleiros de ouro presentes no Santuário para uma reunião dourada. Aiolia de Leão se atrasa e sua assistente Lythos vai avisar o Mestre, porém como só é permitida a entrada de cavaleiros de ouro na reunião, Máscara da Morte ataca a menina, sendo surpreendido por Aiolia que o ataca. Aparentemente o cavaleiro de Leão vence o pequeno duelo, mas Máscara da Morte consegue contra-atacar e enfraquecer Aiolia, fato só percebido pelo próprio Aiolia e por Shaka de Virgem.
No volume 4, O giga Phlox de Ciano tenta subir as doze casas, indo direto para a quarta casa, pois as outras três estavam vazias. Após ser detido por Shaka, o Giga é desafiado por Máscara da Morte que usa o  golpe Ensōben (diversos fios de lava que cortam tudo), mas o cavaleiro de câncer destrói os fios com seu poder, e derrota seu inimigo com o Ondas do Inferno, fazendo com que a alma de Phlox seja totalmente destruída pelos fantasmas da casa de câncer.
No capítulo 6 do Episódio G, descobre a verdade de Saga na Sala do Grande Mestre que diz que se ele ficar do lado dele, conseguiria alcançar o mesmo patamar de Aiolia. E assim o segue a seu favor na luta contra os titãs.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Kanon de Gêmeos


"O usurpador do fundo do mar, enganando até os deuses!"
Idade: 28 anos
Deus protetor : Poseidon/Atena
Armadura:  Dragão Marinho/Gêmeos
Golpes secretos:  Triângulo de Ouro (Golden Triangle)
Satã Imperial (Genrōmaōken)
Aniquilação Sensorial (Kou Soku Ken)
Explosão Galáctica (Galaxian Explosion)
Local de nascimento:  Grécia
Local de treinamento:  Santuário,  Grécia

Origem do nome: Do grego, Lei. Do mesmo radical de canônico. Referência também musical, onde no coral, uma voz pronuncia a mesma letra do grupo de maneira mais atrasada, seguindo um padrão ao decorrer da canção. "Um seguindo o outro", como Kanon seguia seu irmão Saga de Gêmeos.
Irmão gêmeo de Saga de Gêmeos. Preocupado com a maldade em seu coração, Saga aprisiona-o no calabouço do despenhadeiro do Cabo Sunion, conhecido como a prisão de pedra que não pode ser destruída pelo poder de um humano. Por um acaso do destino, Kanon acaba libertando a alma de Poseidon, o Imperador dos Mares, que havia sido selada por Atena. A partir disso, Kanon fez-se passar pelo General Marinho de Dragão Marinho, comandando os outros Marinas com planos de dominar tanto a terra quanto o mar.
Diferente de Saga, que sofria com dupla personalidade, Kanon era de fato malvado. Após a destruição dos Pilares do Oceano pelos Cavaleiros de Bronze, todos imaginavam que Kanon havia morrido (no anime mostra a cena em que Kanon fica parado, vendo tudo desmoronar e no mangá, ele defende Saori e Seiya se jogando contra um golpe de poseidon), mas no capítulo de Hades ele retorna.
Perdoado por Atena, Kanon abandona sua escama de general e torna-se o Cavaleiro de Ouro da Casa de Gêmeos, sucedendo seu irmão Saga. A prova de que Kanon está realmente do lado de Atena vem numa rápida luta contra Milo de Escorpião, na qual o ex-general marina suporta as 14 Agulhas Escarlates de escorpião sem reagir. Milo utiliza a décima quinta agulha para salvar a vida de Kanon, reconhecendo-o como legítimo cavaleiro de Atena.  Kanon ainda tenta impedir que Saga, Shura de Capricórnio e Camus de Aquário passarem da Casa de Gêmeos criando ilusões de um labirinto. Mas Saga conhecia a sua casa e golpeia Kanon, mesmo ele estando no Templo de Atena.

Já no Mundo dos Mortos, Kanon de Gêmeos enfrentou Radamanthys de Wyvern e quase venceu, porém com a chegada de outros dois grandes Juízes do Mundo da Morte, Kanon não teve êxito. Após a armadura de Gêmeos ter sido enviada para Saga, que junto com os outros Cavaleiros de Ouro explodiram o Muro das Lamentações, Kanon ficou desprotegido e derrotou Radamanthys utilizando um golpe suicida, fazendo isto por penitencia, para que fosse perdoado por si mesmo. Mesmo morto, sua alma ainda aparece para ajudar os Cavaleiros de Ouro a destruir o Muro das Lamentações através de seu irmão Saga, não é dito se sua alma foi ou não selada junto com os demais Cavaleiros de Ouro depois da sua morte.

domingo, 12 de junho de 2011

Saga de Gêmeos


Idade: 28 anos
Deus protetor: Athena
Golpes Explosão galáctica (Galaxian Explosion); Outra Dimensão ( Another Dimension)
Satã Imperial (Genro Mao Ken); Aniquilação Sensorial (Kou Soku Ken)
Local de nascimento: Grécia
Local de treinamento: Grécia

Origem do nome: Há várias possibilidades para o significado do nome de Saga:
Do latim, Saga era a designação dada pelos romanos às bruxas e feiticeiras;
52º imperador do Japão;
Saga é o nome de uma cidade japonesa, situada na ilha de Kyushu;
Em Islandês, significa história;
Na mitologia nórdica Saga é o nome da deusa nórdica da poesia e história.

 Histórico
Mangá: Comparado a um deus por seu poder e bondade, e considerado invencível entre os Cavaleiros de Ouro, Saga possuía todas as virtudes necessárias para ocupar o posto de Mestre do Santuário, como humanidade, habilidade e força física, sendo por isso mesmo candidato, juntamente com Aiolos de Sagitário, para substituir Shion de Áries. Mas, o eleito foi Aiolos. O Grande Mestre sempre ia a Star Hill para meditar, Saga foi até lá para questionar o porquê de não ter sido escolhido. Shion reconheceu-o como mais poderoso, mas devido seu lado obscuro, tal dádiva (a de ser o Mestre do Santuário) jamais lhe poderia ser concedida. Após a explicação, o lado maligno de Saga desperta e Shion de Áries é morto com um único golpe. Então, disfarçado com as vestimentas do Grande Mestre, Saga idealiza seus planos de dominar o Santuário, assassinar a pequena Athena e tornar-se o absoluto soberano da Terra, pois, em suas próprias palavras: "Zeus comanda os Céus, Poseidon os Mares, Hades o Inferno! Como uma criança poderia defender a Terra? Por isso é meu dever ser o soberano da Terra". Nessa ocasião, Saga tinha apenas 15 anos.

Anime: Diferentemente da versão mangá (original), a versão anime, realizada pela Toei Animation, é mais complexa e confusa: treze anos antes de Athena reencarnar, o irmão gêmeo de Saga, Kanon, tentava convencê-lo de que ambos deveriam dominar o Santuário. Como resultado, Saga o prende no Cabo Sunion, de onde somente um deus poderia libertá-lo. As palavras de Kanon fizeram com que o lado maligno de Saga aflorasse. Completamente inconsciente de seus atos, Gêmeos matou o Cavaleiro de Prata Ares de Altar, auxiliar e irmão do Grande Mestre Shion. Aproveitando que Ares usava um elmo vermelho e uma máscara (assim como seu irmão, que usava um elmo dourado), o Cavaleiro de Gêmeos tomou sua identidade. Saga tentou matar o bebê  Athena mas, seu plano foi frustrado por Aiolos de Sagitário, que salvou o bebê e ainda descobriu a verdade por detrás de suas intenções. Por conta disso, Saga espalhou pelo Santuário a mentira de que Aiolos era um traidor e havia tentado matar Athena. Conclusão: Aiolos foi fatalmente atacado por Shura de Capricórnio, morrendo após confiar a tutela de Athena ao milionário japonês Mitsumasa Kido. Treze anos depois, após descobrir que Athena estava viva e com a Armadura  de Sagitário, Saga finalmente mata Shion, mentindo a todos que ele teve uma morte natural, devido à sua elevadíssima idade, depois ordena o Cavaleiro Ikki de Fênix e os Cavaleiros Negros acabarem com os Cavaleiros de Bronze, que haviam se aliado a Athena. E finalmente, apos treze anos disfarçado como Ares de Altar, Saga torna-se o novo mestre do Santuário.
Características Físicas do Personagem
No mangá, Saga tem os cabelos louros, quando bom; quando mau, eram roxos. No anime, os cabelos de Saga quando bom são azuis, quando mal ficam prateados.
Durante o período em que Saga se disfarçou de Grande Mestre do Santuário, Massami Kurumada sempre desenhou seu rosto sombreado pelo elmo. No anime, as intenções do autor em esconder o rosto do cavaleiro foram mantidas, porém acrescentando-lhe uma máscara, parecida com as usadas pelas amazonas, para enfatizar o enigma por trás da verdadeira identidade do Grande Mestre. No Episódio G, foi concedida uma habilidade importante a essa máscara: ocultar o cosmo maligno de Saga. Talvez isso explique o porquê de nunca os Cavaleiros de Ouro terem descoberto sua verdadeira identidade.

Segundo Kurumada, as armaduras de Gêmeos e de Libra foram as mais difíceis de serem idealizadas.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Albedaran de Touro


Perfil

Idade: 20 anos
Deus protetor: Athena

Golpes secretos: - Grande Chifre (Great Horn)
- Punho de aço - (Steel Punch): Golpe usado apenas no Episódio G. Aldebaran combina sua força física descomunal com seu grande cosmo, podendo com um soco,poderoso causar grandes danos.
- Esquiva Ilusória (Mirageshun): Esse golpe aparece apenas no mangá, quando Aldebaran enfrenta Sorento de Sirene. Trata-se de uma técnica defensiva onde o cavaleiro se esquiva do golpe inimigo, mas cria uma ilusão fazendo com que o adversário pense ter logrado êxito.
Local de nascimento: Brasil
Local de treinamento: Brasil
Aldebaran, o “Touro Dourado”, é conhecido por ser um dos cavaleiros com maior força física e resistência.


Origem do nome.
Do árabe, o olho do animal. Nome da estrela Alfa da constelação de Touro. Ou ainda pode significar o seguidor, também do árabe Al Dabaran.


Histórico.
Tornou-se Cavaleiro de Ouro aos sete anos de idade. É reconhecido como o mais forte fisicamente e é dotado de uma resistência fora do comum, embora demonstrasse pouco o seu poder. Tem uma personalidade bastante sincera e despachada, sem se preocupar com as aparências. Parece gostar muito de crianças também, já que sorriu para uma menina que lhe deu uma flor de presente. É o melhor amigo de Mu de Áries
O Grande une ataque e defesa em um único ponto. Dando a vantagem ao dourado de não ser atacado enquanto destroi seu inimigo com a parte ofensiva da técina. A postura utilizada se assemelha ao Iaijutsu (golpe rápido de espada desferido em guarda), onde ele vai em alta velocidade com seu ombro a frente do corpo e transfere um poderoso golpe com sua mão oposta destruindo o seu adversário. Na primeira Batalha das doze casas seu oponente foi Seiya de Pégaso, que descobriu seu ponto fraco, tendo seu chifre arrancado. Então deixou que Seiya passase para que Pégaso revelasse a verdade sobre o Grande Mestre.
Posteriormente o Cavaleiro de Touro enfrentaria o General Marino Sorento de Sirene (apenas no mangá), e pela primeira vez mostraria todo o seu potencial, pois na luta Sorento reduziu o poder de Aldebaran a 1%, e mesmo assim lançou o Marina longe com seu grande poder, mas Aldebaran tombaria com o poder de Sorento, considerado o mais poderoso General Marina.
Na invasão dos Espectros de Hades, lutou contra Niobe de Deep e teve uma morte heróica (ironicamente o nome de seu algoz é o mesmo da flor que Aldebaran segurava no momento, Clematis Niobe). Em seguida, derrubou o Muro das Lamentações junto com os outros

sábado, 4 de junho de 2011

Mú de Áries


Perfil

Idade: 20 anos.
Deus protetor: Athena
Golpes Secretos: Muralha de Cristal (Crystal Wall); Extinção Estelar (Starlight Extinction)
Rede de Cristal (Crystal Net); Revoluçao Estelar (Stardust Revolution)
Habilidades especiais: Telecinese, teletransporte.
Local de nascimento: Tibet
Local de Treinamento: Jamir, Himalaia
Mestre: Shion de Áries



Mu é conhecido como o cavaleiro de ouro que possui a telecinese mais avançada.
Assim como seu mestre Shion e seu discípulo Kiki, Mu pertence a um ramo aparentemente perdido da raça humana, cujas principais características são a presença de dois sinais circulares no lugar das sobrancelhas, e uma paranormalidade que lhe confere habilidades naturais de telecinese e teletransporte, enquanto um ser humano normal somente pode desenvolver estes poderes através do cosmo.
O Cavaleiro de Áries, Mu, é o único entre os Cavaleiros de Ouro capaz de restaurar armaduras, tem uma personalidade pacífica, mas ao ver seus antigos companheiros (aparentemente), servindo a Hades, resolve lutar.
Shion descreve Mu como "O carneiro dourado que galga altivamente as estrelas em seu silêncio pacífico e constante!"

Origem do nome
Mu é um continente perdido que é o resultado de uma publicação de James Churchward de 1926, o qual se prolongaria por todo o Oceano Pacífico, onde, por volta de 50.000 anos atrás havia um grande império. Há cerca de 12.000 anos este continente submergiu devido a cataclismas naturais. Os sobreviventes, atualmente, estariam representados pelas etnias polinésias e o místico povo da Ilha de Páscoa. Kurumada se inspirou nesta lenda para dar origem a raça de Mu e Shion, sobreviventes deste cataclisma, e para a idealização da Ilha da Rainha da Morte, sendo resquícios do continente. Não confundir com Lemúria, continente perdido do Oceano Índico.